Zero de caloria!

Moro numa rua de calçadas tortas e  ruazinhas paralelas incertas, caminho quase todos os dias por essas ruas e calçadas, exceto nos dias de chuva e aos domingos, por que ai, me deixo ficar na cama, agarrada ao travesseiro e as conversas matutinas com meu Pai. Nessas horas falamos sobre quase tudo, coisas inconfessáveis, besteiras, gratidão, perdão e clamores!
Nos dias de sol, vou fazendo os meus caminhos, a cada dia uma rua nova,  um roteiro diferente alem dos já conhecidos.

Enquanto ando, oro por quem passa; pelos pedreiros e suas famílias que vou encontrando cedinho, cada um cumprindo a sua jornada, oro pelas escolas que logo terão os seus portões abertos, pelos documentos e os envolvidos que tramitam no cartório que também estão no meu percurso diário.

Nas calçadas incertas, vou ajustando as pedras, desviando das poças de água suja e observando as latas de lixo… Às vezes vejo bolas voando na porta da casa de festas que há por aqui, penso na festa, e não posso deixar de pensar em todas as coisas que encontramos nas ruas quando o dia amanhece…

Enquanto converso com meu Pai, Ele vai me lembrando de nomes de pessoas, de lugares onde estive e também daqueles que conheci ali e nunca mais reencontrei. Lembro-me do hospital, e das movimentadas primeiras horas da manha, das noites difíceis e dos dias longos, do cansaço e profunda paciência daquelas enfermeiras após uma dobra de 24 a 36 h de trabalho! Peço pelos seus turnos, renovo em suas noites e dias…

No caminho, perdida em minhas orações, os que passam por mim me olham de forma estranha, como se falar com Deus fosse algo sobrenatural… Abaixo o meu MP4, por que certamente no fogo da manhã e sem ouvir a mim mesma, devo ter orado alto demais!

Comecei a manhã nas ruas tortas, pedindo a Deus que aplainasse os meus caminhos e ao final da caminhada, Deus resolve falar e me trás a memória o versículo que agora sei, será o meu alimento do dia . Algo pra ruminar, orar, agora sim por mim mesma, e o versículo então me cala o coração e me deixa trôpega as pernas, por que responde a minha inquietação entregue a Ele na noite anterior.

“Deus é minha fortaleza e a minha força, e ele perfeitamente desembaraça o meu caminho.” 2 Samuel 22:33    

Com o espírito satisfeito , não resisto ao perfume do pão saído do forno e resolvo parar um pouco na padaria, dois dedinhos de café preto e um pão na chapa quentinho!

Perco todo o empenho da caminhada, mas o coração está leve, como um pássaro, o pensamento está com açúcar light e zero de caloria!

O meu Deus, perfeitamente, desembaraça o meu caminho!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s