Enfim, nasceu !

Na noite de sábado, véspera de embarcar para Bahia, estava com um olho na máquina de lavar e outro no lap top… O motivo era a espera do nascimento da Emília, filha de um casal de missionários amigos meus. Durante toda a semana fomos devidamente alimentados com expectativa de um pai de primeira de viagem cheio de emoção! A cada alarme falso, a noticia estava lá, em todas redes sociais !

O pai da Emilia um comunicador, homem de mídia digital, registra tudo a todo o momento!

E nós, mulheres, tias por afinidade acompanhávamos tudo e entre ansiosas, aflitas e cheias de contentamento, estávamos lá, cada uma no seu quarto do amplo dormitório feminino de Jocum  Curitiba com o lap top ligado , celulares com SMS  e toda forma de comunicação que pudesse nos dar noticias do nascimento da Emília.

É inevitável fazer um paralelo entre todo esse movimento e o movimento ocorrido no nascimento de Jesus. Fico a imaginar, Maria e José, tal quais os nossos amigos, pais da Emilia, na expectativa do parto. Onde seria?Como ?  Aqueles pais estavam fugindo, era tempo da realização do censo, aquele menino precisava nascer sem alarde! Mas apesar disso, e sem nenhuma rede de relacionamentos, os reis magos tomaram conhecimento… E La foram eles com seus presentes proféticos receber aquele que seria o Messias, o salvador, o que transportaria das trevas para luz a humanidade que escolhesse segui-lo….

Aquele nascimento era também muito esperado…Mas ninguém sabia onde se daria, quem seriam os pais, veículos pelo qual o Messias viria…O Inimigo astuto , já havia preparado o terreno, para que um governo físico sentisse-se ameaçado por um rei que viria, para um reinado espiritual…Meninos homens, nascidos naquele período e região teriam que morrer, a perseguição não cessava…o povo estava sendo contado!

Não haveria um quarto, um berço previamente preparado, um programa de Mãe curitibana, ou plano de saúde… Uma estalagem? talvez…Uma manjedoura, um estábulo e uma noite que não sabemos ao certo ter sido a de um mês de julho como a que Emilia nasceu, ou setembro ou mesmo dezembro! Conjecturas são muitas…

Aquele nascimento mudaria o destino da humanidade,havia um propósito ,uma missão…

Por causa do nascimento daquele menino La em Belém, um homem e uma mulher , reunidos como mesmo propósito ,nesse tempo que se chama hoje, de continentes diferentes , se conheceram, casaram e viraram família!

Essa pessoas, que tem como propósito anunciar esse  Jesus, agora anunciam a sua Emília, que em breve será certamente encontrada em um templo , aprendendo sobre Ele, não estará aos pés de Gamaliel, mas na classe infantil de alguma escola dominical e como filha de missionários, vivera a obra da cruz, relacionamento com Deus e com as pessoas, renuncias , amor, compaixao…

Emilia cumprira o Ide e como faz parte de uma geração que as primeiras horas de vida já tem picos de acesso  na internet , cremos que comunicara o evangelho e o Ide de forma única , e cumprindo as promessas do Pai, fará obras ainda maiores do que a do menino nascido em Belem…Quem viver, verá!

Filha de Abraao, Isaque e Jacó, também filha de um brasileiro e uma Neozelandesa, nascida em resposta a um evangelho integral feito para reunir em unidade toda tribo, língua e nação.

Emília é o fruto de um evangelho dinâmico, de jovens com uma missão, que vêm de todas as direções e vão para toda parte…

Talvez o menino Jesus, em sua manjedoura, tanto Deus como Homem, já sorrise no regaço de sua mãe, na madrugada , hora em que supomos que tenha nascido, olhando as estrelas… As estrelas, incontáveis estrelas, já falavam de uma geração que não poderia ser contada…Promessas cumpridas ao Pai Abraao, pai de multidões….feita de Emilias, Letícias, Raqueis, Eduardas, Paulas, lauras, Igor,Lucas e Joaos…

Como Jesus, nascidos em noites estreladas, ou quem sabe em dias de sol, ou chuva…

Maria, uma mãe quase menina, certamente após  os 9 meses, como minha amiga Neozelandeza, ao final das dores de um parto escrito nas estrelas e no livro da vida, devem ter dito ambas, a mesma coisa:

Enfim, nasceu… E entre alivio, temores, risos e lágrimas a promessa se cumpriu!

Amigos, tias por afinidade, familiares e toda uma comunidade jocumeira , desligam os seus lap tops , apagam a luz e como crianças satisfeitas, vamos dormir todas com um sorriso no rosto, deliciadas com a chegada da nova integrante da tribo, que falará duas línguas, e caminhará por todas as nações…

Deixo a roupa na máquina, e deixo que o dia seguinte cuide si mesmo. Agora eu quero dormir, com o coração cheio de alegria e paz, pensando na Emilia…

Doce momento o nascimento… Seguramente, dias de  luz !

Bem vinda Emília!


One comment

  1. Nunca parei pra ler com calma esse texto emocionante. Emocionante porque a minha historia, a historia das minhas mulheres, a historia do meu salvador. Obrigado por tanto carinho investido nesse texto, Andrea. Guardaremos (impresso) com carinho no diario da princesa Emilia.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s